Desenho Profissional: Conheça ex-alunas de sucesso

Por: Carol Cunha 19 de janeiro, 2024

Muitos querem trabalhar com desenho profissional. A Casa dos Quadrinhos dá essas pessoas a oportunidade de transformar seu sonho em realidade.

Existem diversas oportunidades de emprego para quem almeja trabalhar com desenho profissional em diversos setores. Por exemplo, animação e entretenimento (desenvolvendo personagens, fazendo storyboard ou criando design de cenários e ambientes).

Ou quem sabe, se aventurar na ilustração editorial, ilustrando livros, revistas, capas e literatura infanto-juvenil. Para quem gosta de dar aulas, o ensino de artes é uma opção, do mesmo modo que a criação de histórias em quadrinhos ou o ramo de tatuagem.

Enfim, quem busca trabalhar com desenho profissional precisa apenas identificar suas paixões e áreas de interesse, desenvolver suas habilidades. E, dessa forma, procurar oportunidades dentro desses campos específicos. Em suma, o mercado de trabalho para desenhistas profissionais é amplo e diversificado, com espaço para criatividade e inovação.

Trazemos nesse texto, três exemplos de artistas atuantes no mercado de trabalho que começaram seus primeiros passos em nossa escola e se aprofundaram em desenho profissional em áreas distintas.

Jane Carmen

Jane Carmen Oliveira, animadora e ilustradora, deu início à sua jornada artística em nossa escola de artes em Belo Horizonte. Ao longo de sua carreira, contribuiu com ilustrações para livros infantis e é a mente criativa por trás do zine “Memórias de Acesso Remoto”, lançado durante a CCXP 2018. Sua participação se estendeu à coletânea “Grimório”.

Em 2019, Jane escreveu e ilustrou o livro “O que Neil Gaiman não nos disse”, apresentado na Feira HQ da Casa dos Quadrinhos. Ela também fez parte das coletâneas “Contos da Calango”, que concorreu ao Troféu HQMix, e da HQ “Oblivion”, na parte de arte-finalização.

Seu curta animado “Metamorfose” (2017) obteve destaque ao ser selecionado para mais de 30 festivais, incluindo, por exemplo, o Animafest Zagreb 2018, Anima Mundi 2018, Festival Chilemonos e Festival Internacional de Cinema Infantil. O filme recebeu o prêmio de Melhor Roteiro no Festival Lanterna Mágica. Do mesmo modo, foi finalista na categoria Melhor Animação do Festival Internacional de Cinema Infantil e conquistou igualmente o prêmio especial da 3ª mostra “Lugar de Mulher é no Cinema”. Jane também desempenhou o papel de supervisora de cenários na série “O Menino Maluquinho” da Netflix.

Laura Jardim

Laura Jardim é ilustradora e tatuadora de Belo Horizonte. Ex-aluna do Curso Técnico em Artes Visuais da Casa dos Quadrinhos, onde ingressou, em 2017, com a ideia de trabalhar com ilustração editorial.

Posteriormente, em 2018, enquanto ainda cursava o curso técnico, começou a se aventurar no universo da tatuagem. Desse modo, encontrou nele uma forma de se expressar e desenvolver um estilo próprio.

Antes de tudo, Laura gosta de explorar traços delicados e linhas soltas, com um toque de cor. Atualmente possui um estúdio de tatuagem no Edifício Acaiaca, no centro de BH.

Em 2021 publicou de forma independente sua primeira história em quadrinhos, Oblivion, em parceria com o roteirista Fabrício Martins. Oblivion ficou em segundo lugar no Prêmio Geek de 2023, organizado tanto pela Amazon quanto pela editora Pipoca e Nanquim.

Consequentemente, também em 2023, Laura e Fabrício publicaram sua segunda HQ, Longe de Tudo. Ela também participou de eventos importantes como o FIQ e a CCXP.

Hoje em dia, Laura concilia seu trabalho tanto na tatuagem quanto nos projetos autorais de ilustração e histórias em quadrinhos.

Patrícia Garcia

desenho profissional

Essa artista frequentou a Casa dos Quadrinhos de 2015 a 2018, e, atualmente, desempenha o papel de professora no curso “Arte para Crianças” da nossa escola.

Como muitas pessoas que almejam trabalhar na área artística, seu percurso não seguiu uma trajetória linear, pois, antes de se dedicar às artes, obteve sua graduação em Geografia pela UFMG. Desde então, ela tem buscado conciliar sua atuação nas áreas de Artes Visuais e Geografia.

Patrícia se especializou em trabalhos de arte mais tradicionais. Ela utiliza predominantemente materiais como, por exemplo, guache, lápis de cor, grafite e aquarela em suas ilustrações. Além disso, ela desenvolve uma linha de produtos de papelaria, incluindo calendários, cadernos, postais, adesivos, bottons e pôsteres, todos inspirados na cultura pop.

Do mesmo modo que ela se empenha nas aulas de artes, Patrícia participa de feiras e festivais que se focam em venda de produtos artísticos, como, por exemplo, o Festival Internacional de Quadrinhos ou a CDCCON – Feira de Quadrinhos da Casa.

Conclusão

Essas três ex-alunas da Casa dos Quadrinhos, são apenas alguns dos diversos exemplos de artistas atuantes no mercado de trabalho em diferentes vertentes.

Ao escolher um curso na Casa dos Quadrinhos, os alunos podem adquirir as habilidades e o conhecimento necessários para ingressar no mercado de trabalho de forma rápida e eficaz, construindo uma base sólida para uma carreira bem-sucedida nas artes visuais.

Ficou interessado? Entre em contato conosco para conhecer nossas modalidades de cursos e ver qual melhor se adéqua ao que você procura!