Curso de Impressão 3D Presencial, Reciclagem e Impressoras

Por: Carol Cunha 13 de maio, 2024


Procura um Curso de Impressão 3D Presencial? A Casa dos Quadrinhos é a melhor opção em Belo Horizonte.

Nosso Curso de Impressão 3D Presencial, você vai aprender a modelagem das peças em programas próprios para esse tipo de função, como, por exemplo, o Z Brush.  Do mesmo modo, vai aprender como finalizar a peça depois de impressa. E a dar os acabamentos necessários, como pintura, para que ela se torne um produto comerciável.

Além de esculturas e colecionáveis, pode-se utilizar a impressão 3D para outros fins, podendo ser para áreas como odontologia, cosméticos ou alimentação.

E os materiais impressos em 3D podem ser integrados a outros tipos de construções, como, por exemplo, sucatas.  A reciclagem de outros materiais somando-se aos impressos é uma maneira criativa e inovadora de aproveitar o melhor de ambas as técnicas. Esse é o caso do curta “Wild Jack”, do Ghost Jack Entertaiment.

O professor de escultura, Fernando Marinho, está trabalhando no projeto.  Ele nos contou tanto sobre essa integração 3D e sucata, quanto sobre o funcionamento e os diferentes tipos de impressoras 3D.

Como surgiu a ideia de misturar sucata com impressão 3D?

Primeiro, a sucata veio como uma necessidade, especialmente por questões financeiras. O projeto não tinha um grande orçamento. Foi então que percebi que poderia usar sucata de várias formas. O que aconteceu foi que, ao examinar alguns desenhos de produção, percebi que poderia adaptá-los usando materiais reciclados. Por exemplo, usei latas e placas de plástico de eletrodomésticos antigos, como máquinas de lavar, além de tampinhas de desodorante. Eu as juntei com outras peças para criar algo novo. Tive que fazer muitas adaptações para fazer com que as peças se encaixassem corretamente, já que nem sempre era possível encontrar algo que se ajustasse perfeitamente.

A impressão 3D entrou em cena para complementar as partes que a sucata não podia fornecer, especialmente as partes mecânicas. Por exemplo, eu pude imprimir peças que eram difíceis de encontrar em sucata, como suportes ou elementos de fixação.

Quanto à integração entre sucata e peças impressas em 3D, é relativamente simples. Quando estou modelando a peça, já considero como ela vai se encaixar na sucata existente. É claro que é um desafio fazer com que a peça impressa se ajuste perfeitamente ao design original, mas, usando formas geométricas simples e técnicas de modelagem adequadas, consigo fazer com que tudo se encaixe.

Como a impressão 3D facilita o processo?

 Basicamente, você pode criar qualquer coisa com ela. Por exemplo, quando precisei construir um rig, levei apenas 10 minutos para modelar no computador e cerca de 40 minutos para imprimir. Se tivesse que fazer isso em metal, levaria muito mais tempo, talvez até dias. A impressão 3D é mais econômica também. O material plástico é barato, e o processo é mais rápido e requer menos mão de obra do que fabricar peças em uma oficina tradicional.

Ela diminui significativamente o tempo necessário para produzir uma peça. Por exemplo, a criação de personagens ou veículos seria muito mais demorada sem a impressão 3D. Ao produzir manualmente, levaria semanas para concluir o processo, incluindo modelagem, moldagem e acabamento. Com a impressão 3D, você elimina praticamente todo esse tempo. Pode imprimir uma peça em algumas horas e, após a limpeza e cura, está pronta para ser usada ou pintada.

Quais os materiais usados na impressão 3D?

A tecnologia de impressão 3D oferece duas opções principais: resina e filamento. A resina é ideal para peças detalhadas, como personagens, enquanto o filamento é mais adequado para peças maiores.

A impressão com resina utiliza um processo diferente, onde uma camada fina de resina é solidificada por um LCD, criando peças com alta precisão e detalhamento. Já a impressão com filamento é mais simples, usando um fio de plástico derretido para construir as camadas da peça.

A resina utilizada na impressão 3D é sensível à luz UV, o que significa que endurece quando exposta à luz solar ou a uma lanterna UV. Esse processo é semelhante ao usado em unhas de gel, onde a resina é aplicada e depois endurecida com uma luz UV.

Na impressão com filamento, há diferentes materiais disponíveis, como PLA e ABS, cada um com suas próprias características de resistência e durabilidade. A impressão com filamento é mais comum em protótipos mecânicos e objetos menos detalhados, embora também seja possível produzir estátuas.

Tanto a resina quanto o filamento têm suas vantagens e usos específicos, e é importante escolher o material e ajustar os parâmetros de impressão de acordo com as necessidades do projeto.

Quais os tipos principais de impressão?

O arquivo precisa ser preparado corretamente, e depois é enviado para um programa de “fatiamento”, onde são ajustados os parâmetros de impressão, como resolução e velocidade.

Existem três configurações principais de impressão: baixa, média e alta resolução. Com esses parâmetros, você pode ajustar a velocidade e a qualidade da impressão conforme necessário. Por exemplo, se você precisar de uma peça rápida e não se importar muito com detalhes, pode optar por uma resolução mais baixa para acelerar o processo. Por outro lado, se precisar de alta qualidade e não se importar em esperar mais tempo, pode escolher uma resolução mais alta.

Ao imprimir, é importante ajustar os parâmetros conforme o tamanho e a complexidade da peça. Para peças maiores e simples, pode-se aumentar a temperatura e a velocidade de impressão, enquanto para peças menores e detalhadas, é preciso diminuir a temperatura e a velocidade para garantir uma boa qualidade de impressão.

Na escola, a impressora 3D é do tipo de filamento, podendo utilizar diferentes materiais, embora seja necessário trocar o bico da impressora para usar materiais diferentes do plástico padrão.

Quais suas considerações finais?

A impressão 3D revoluciona a maneira como fabricamos peças, economizando tempo e recursos. É uma ferramenta incrivelmente versátil e acessível, que abre inúmeras possibilidades para a criação de objetos de forma rápida e eficiente.

Conclusão

Agora você já sabe um pouco mais sobre as possibilidades da impressão 3D, o uso de materiais reciclados e o funcionamento dos diferentes tipos de impressora. Portanto, convidamos você para entrar em contato conosco e conhecer ainda mais nosso Curso de Impressão 3D Presencial.